Todo mundo sabe que a França é um dos melhores lugares do mundo para comer não é mesmo? O Zé e eu como amantes de gastronomia temos alguns lugares na nossa “wish list” gastronômica e a região de Champagne e Borgonha estava no topo, pois lá há uma concentração enorme de chefs estrelados.

Le Parc

Imagem: Reprodução

Como eu mostrei, nós fomos para Reims, a capital da Champagne agora em Março e voltamos apaixonados pela região. Antes de ir achávamos que iríamos visitar centenas de Maiosons para provar Champagne, mas chegando lá descobrimos que o melhor lugar para fazer isso são os restaurantes que tem cartas com centenas de rótulos diferentes, como é o caso do restaurante Le Parc, que tem uma carta com mais de 600 rótulos diferentes.

Le Parc

Le Parc

O Le Parc é um dos melhores restaurantes da região, ele tem 2 estrelas no famoso Guia Michelin e por sorte ficava dentro do nosso hotel o Les Crayeres. Fazer uma reserva por lá é obrigatório, afinal as mesas são concorridíssimas. No almoço eles trabalham com duas opções de Menu no almoço de 70 euros ou 95 euros com harmonização, e no jantar o menu custa a partir de 140 euros/235 com harmonização ou o que fizemos que era o menu do chef por 190 euros ou 285 com harmonização.

O serviço deles é impecável, assim que chegamos já fomos recebidos com uma taça de Champagne, ao ver a taça reparamos que ela era diferente de todas que já tínhamos visto, o Philippe Jamesse Somellier do Le Parc, que é uma das pessoas que mais conhece Champagne no mundo, nos explicou que ele criou essa taça há 8 anos para ser a taça perfeita para fazer a degustação e realmente faz muita diferença.

taças le parc

Como eu contei, nós fizemos o menu degustação harmonizado, nós começamos o jantar com uma espuma de aspargos com azeitona e vinagre envelhecido, o segundo prato foi um foie gras com ravioli de gengibre, beterraba e mil folhas de espinafre, gente estava excepcional.

starter le parc

IMG_2584

O segundo prato foi um peixe chamado John Dory, que é selado apenas de um lado e do outro vai uma crosta crocante de nuts, e cogumelos frescos, reparem bem no ponto desse peixe, com as lascas praticamente soltas.

fish at le parc

Em seguida fomos surpreendido com uma vitela que foi cortada na nossa frente e servida com um cabelinho de anjo com trufas, uau que sabor, que textura e que ponto! Um dos melhores pratos da noite. A nossa amiga, a Marina, pediu uma lagosta com cabelinho de anjo e caviar, a combinação perfeita para a Champagne.

IMG_2585

le parc les crayeres

Eu sou completamente alucinada por queijos, então quando entrei no restaurante e vi esse carrinho dos sonhos logo pedi para o garçom trocar a minha sobremesa por uma bela seleção de queijos e geléias. No carrinho são inúmeras opções de queijos desde o mais fraco até o mais intenso, de cabra, vaca e misturado. Sério só provem os queijos da França….

cheese at le parc IMG_6303

Além dos queijos comemos o tradicional Souflê do Le Parc. Sem dúvida um dos melhores suflês que já provamos, alto, leve, parecia uma nuvem, e com um sabor inesquecível, ele era servido com geléia de limão confit e estragão e sorvete de zabayone.

soufle le parc

Já o Zé escolheu a sobremesa de chocolate da Guinée em diferentes texturas.

chocolate le parc

Sem dúvida quando estiverem em Champagne vocês precisam reservar um almoço ou jantar no Le Parc dentro do hotel Les Crayeres.

https://lescrayeres.com/