No Domingo, pós Feriado do dia das Crianças e retornando para São Paulo sem pegar trânsito, conseguimos conhecer a recém inaugurada Brasserie des Arts, no bairro dos Jardins, já muito conhecida na sua unidade matriz em St. Tropez na Riviera Francesa, fundada pelo DJ Jack-E .Aqui é coordenada por 7 sócios, entre eles Luigi Cardoso Alves e Ricardo Mansur, do Brown Sugar, Rubens Zogbi, do Serafina, e Roger Rodrigues.
Com arquitetura e decoração diferenciada, a casa se destaca pelo excelente uso de madeira logo na entrada com um guarda-corpo sólido e uma espécie de cubo flutuante, que dá proteção às mesas que estão no deck.
lala1q
Entrada com acesso ao deck
lala2
Vista noturna do Deck – Veja SP
Infelizmente, estava muito frio e optamos pelo salão interno. Mesmo assim, ele é super diferente, com sofás botonê de veludo colorido que remetem às antigas e tradicionais casas francesas, cadeiras clássicas e destaque para as luminárias do Designer Philippe Starck;
lala3
Salão Principal
O Salão principal tem espaços diferentes para quem quer realmente jantar, podendo escolher entre as mesas laterais ou nos sofás centrais para grupos maiores. O cardápio é extenso e tem uma grande variedade de drinks, feitos pelo mixologista Marcelo Serrano. Ele foi premiado com título de barman 2011 pela Gula, Veja São Paulo e Prazeres da Mesa (ex MyNY Bar);
lala 4
Salão Principal – vista superior
lala5
Vista de dentro para o Deck
As sugestões de drink do dia pelo Marcelo foram o Lafayette, que honestamente não era muito do meu gosto pois tinha muito sabor de flores e frutas. Mas é uma boa aposta para o público feminino.
lala6
Lafayette: Gin, infusão de pepino e rosas, chá de camomila, gengibre, licor Chartreuse e flor de laranjeira
E o Brasil Connection que é delicioso! Feito com uma cachaça especial e servido em cuia de chimarrão
lala7
Brasil Connection: Cachaça Especial, Chá de Pêssego alemão, Limão Siciliano, Capim Santo e uma clara de ovo
A casa tem um menu Franco Italiano, seguindo bastante o estilo do menu original. Em um caso destes sempre pensamos que as melhores opções seriam as massas, risottos ou carnes. Mas, as escolhas dos pratos realmente acho que foram muito infelizes! Escolhemos uma massa, e as que havíamos escolhido de primeira não estavam prontas. Conseguimos entender, afinal era um pós feriado, por volta de 16h e somente na terceira semana de funcionamento. Imediatamente, o garçom chamou o maitre Fred, que veio se desculpar e sugerir outros pratos. Foram ótimas sugestões, mas acabamos ficando com as massas mesmo. E no meu caso o Agnolotti de Creme de Burrata ao molho vermelho não foi nada excepcional. Não sei se era muito molho para pouca massa, mas não estava bonito e além do mais foi temperado com excesso de limão siciliano.
lala7

lala8

Agnolotti de Creme de Burrata ao molho vermelho
Já o Papardelle al Telefono estava muito bom!!! Bem temperado, boa porção e com um parma sensacional.
lala9
Papardelle al Telefono
Terminamos sem sobremesa, pois íamos passar em um outro lugar.
lala10
Adega climatizada e muito bem recheada
lala 11
Vista do Salão principal para a entrada, com o bar a direita e mesas com cadeiras e sofá a esquerda
Brasserie des Arts
São Paulo – SP
Endereço: Rua Pe. João Manuel, 1.231 – Cerqueira César – Jardins
Telefone: (11) 3061 3326