Beaver Creek é uma estação de ski super charmoso e exclusiva que fica a apenas 20 minutos de carro de Vail. Ela também faz parte de Vail Resorts, o que facilita muito com relação ao passe de ski, pois você pode comprar o Epic Pass que é válido para todas as estações de Vail Resorts.

IMG_4764 IMG_4752

Beaver creek é considerada uma das estações mais luxuosas por vários aspectos. O primeiro deles é que há escada rolante na vila toda, o que faz com que você não tenha que subir escadas. Além disso, se você estiver em um hotel ou restaurante mais afastado da pista, vire e mexe aparece um funcionário da estação para carregar os seus skis. Outra coisa legal é que as 15:00 vários voluntários, vestidos de cozinheiros, chegam na pista para distribuir cookies quentinhos aos visitantes, além dos cookies em frente ao Hyatt também há uma fogueira com marshmallows e chocolate para você preparar o seu próprio smoores até as 17:00. Não é demais?

IMG_4904

cookietimeVailResorts_BVC6128_Jack_Affleck_HighRes

Foto: Vail Co.
Como chegar:

IMG_4658

Se você quiser passar somente o dia em Beaver Creek você pode utilizar o ônibus que liga as cidades, ou usar o carro que em apenas 20 minutos você estará na estação.

Hospedagem:

Falando sobre a hotelaria, Beaver Creek tem ótimas opções de hotel e casas para alugar! O primeiro e mais famoso deles é o Park Hyatt, que fica em frente à pista e é super luxuoso!

The Osprey – Nós ficamos hospedadas neste hotel e achamos bom,mas nada demais. A grande vantagem dele é que a gôndola fica loga na saída dos armários de ski, ou seja vc anda apenas 10mt com seu ski, isso é muito bom! Os quartos também são bem aconchegantes todos com decoração alpina e com lareira. O ponto fraco do hotel é o café da manhã.

Pistas e aulas de ski:

A montanha de Beaver Creek não é tão grande quanto a de Vail, mas apesar de ter poucas pistas, lá é o lugar perfeito para iniciantes, pois há muitas pistas verdes, e também o lugar perfeito para os experts, por te muitas pistas “double black” e preta.

Se você for iniciante vale a pena pegar uma aula em grupo ou particular, os professores são excelentes e muitos deles falam português.

DCIM100GOPROG0113599. IMG_4874

Atividade fora da pista:

Em Beaver Creek há um dos maiores parques para a prática de Crosscowntrie e Snowshoeing. O lugar é lindo, cheio de árvores e com uma vista impressionante das montanhas.

Nós tivemos a oportunidade de faz um passeio de Snowshoeing seguido por uma degustação de vinho e adoramos. O passeio durou cerca de 2 horas, e o trajeto é bem cansativo e perfeito para fazer um belo cárdio. O nosso Guia nos levou por um trilha linda e ainda nós pudemos andar pelo powder (neve fofa e fresca), a sensação é deliciosa. Depois da nossa caminhada, nós fomos fazer a degustação de vinho no nosso hotel, o que foi ótimo para recompor as energias.
Valor:U$103,00 por pessoa com degustação.

Dicas de restaurantes:

Hooker – Este restaurante tem um conceito muito interessante e diferente de tudo que eu já tinha visto. Quando vc chega, o garçom traz uma bandeja com as opções de peixes fresquíssimos para você escolher o seu preferido. Depois da escolha ele pergunta se você quer que prepare-o crú, assado ou os dois. Nós optamos pelos dois tipos de preparo e foi com certeza a melhor opção. Nós comemos alguns sashimis, ceviche, tartare, e depois inúmeras formas maravilhosas do peixe assado. Foi incrível!
Preço médio por pessoa: U$80,00.

8100 – Dentro do hotel Park Hyatt fica o restaurante 8.100 que tem a vista mais bonita da montanha e também a varanda mais concorrida. Por lá encontramos todos os pratos americanos que mais gostamos como hambúrguer, sanduíche, saladas e o prato imperdível é a sopa de cebola com queijo gruyere.

IMG_4967

Grouse Mountain Grill – Este restaurante é um dos mais concorridos da cidade, e foi onde encontrei a cozinha mais criativa. Depois que sentamos perguntamos a nossa garçonete o que deveríamos pedir, e ela descreveu todos os pratos com tanta paixão que tínhamos vontade de pedir tudo! As entradas que mais gostamos foram as cenouras com iogurte de cabra, o atum com maçã verde, e o tartare. Como prato principal peça o pato ou a massa servida com cogumelos.

Saddleridge – Este foi o restaurante mais bonito de montanha que já vi até hoje! Lá há vários objetos de arte, e o restaurante todo é feito em madeira! Vale a pena almoçar por lá entre um momento de ski e outro. Uma dica, vá pelo ambiente e não tanto pela comida que deixou a desejar assim como o serviço.

No próximo post eu vou fazer uma lista completa com os melhores restaurantes e bares de Beaver Creek. Aguarde!!